quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Desabafo

O rio de janeiro está um inferno.

Ontem fui à rua almoçar no horário que o meu trabalho permite, e, pelo calor em que me encontrei, o prato do dia deveria ser carne humana!

Enquanto caminhava até o restaurante, eu olhava à todo momento em várias direções temendo que, a qualquer instante, uma fenda abrisse no chão e dalí o inferno brotasse para completar o calor já característico...

Sinceramente, o meu bronzeado causado pela radiação do tubo de imagem do meu pc (sim, ainda uso CRT), me dá propriedade para afirmar que não posso, de forma alguma, acreditar que fui concebido, projetado, para suportar esse tipo de temperatura. Pessoas feitas para esse tipo de clima devem ser feitas de amianto!
...

Fica aqui o meu desabafo, desabafo esse, que eu gostaria que fosse da nossa linda cidade/estufa litorânea maravilhosa,
que quando não está quente como o inferno,
está chuvosa

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Sociedade secreta?

Tenho trabalhado feito um cão esquimó, por isso estou sem postar há algum tempo.
Vai isso aqui que escreví tempos atrás...


Muito se fala sobre as irmandades de conteúdo secreto como Maçonaria, ordem de rosa cruz, e outras ordens teosóficas ou não. Aqui escreví sobre uma ordem não tão secreta, mas muito mais poderosa e com infinidade de adeptos em todo o brasil: A Poderosa e Nebulosa Ordem de Souza Cruz. Ela é uma ordem com adeptos assumidos que não precisam fazer encontros em subsolos nem em sedes próprias, apesar de, atualmente, a opinião pública ir contra os praticantes realizarem suas liturgias em locais públicos, principalmente nos fechados. Não é uma ordem secreta, os adeptos não se escondem nem negam participar, apenas alguns menores de idade, que legalmente não deveriam participar, acabam por esconder dos seus genitores o seu contato com a ordem. Toda irmandade que se preze, garante algum tipo de vantagem em relação a não participar. Ou é prometida paz, ou a união da irmandade pelo bem comum, etc. Nessa irmandade, a ideologia é muito mais individualista, tão individualista a ponto de interferir negativamente nas pessoas que estão próximas do praticante. Nada mortal a curto prazo. Os acólitos dessa liturgia recebem uma graça que nenhuma outra irmandade ou sociedade secreta oferece, é um prazer único, que atua psicologicamente e quimicamente no interior do indivíduo, dando uma sensação de prazer que só quem é praticante pode descrever. Mas nem tudo são flores. A dedicação aos encontros diários, que acabam se tornando mais frequentes, causa danos irreversíveis à saúde do indivíduo que se doa à essa ordem. Algumas pessoas,e dentre algumas delas, são as chamadas "usuários", que encontram a mesma graça dos membros da Ordem de Souza Cruz participando de liturgias marginais, liturgias essas, que não geram a graça da receita e taxação fiscal do governo, que é o bem coletivo da Ordem de Souza Cruz.

  ©Template por Dicas Blogger Modificado por mim!

TOPO