quarta-feira, 28 de maio de 2014

500 palavras por minuto?

Apareceram já há algum tempo movimentos como o "Cultura do Slow Down" (WIKIPEDIA) ou "Slow Attitude", donde vem a ideia de Slow Food, que preconizam a qualidade de vida em vias de se aumentar a produção... Uma espécie de welfare State adaptado à indústria?

... Mas vim falar de velocidade!

Aí eu dei de cara com esse Spritz. Se informação é o que tudo o que nos ajuda a navegar pela complexidade da vida atual, quanto mais informação boa, melhor? Como avaliar se a informação é boa? Rapidamente: pela avaliação da fonte (difícil nos dias de hoje onde as "mídias corporativas" estão desacreditadas) e pelo acesso e verificação direta, isto é, lendo/vendo/ouvindo/tateando...


O "método spritz" propõe que é possível ler 500 palavras por minuto". Talvez uma pessoa treinada possa fazer isso na forma de leitura transversal ou sei lá o quê, mas a ideia do Spritz é proporcionar isto artificialmente por meio de computação gráfica - ao invés de longo treinamento para tornar-se um leitor à jato, a estrutura visual (ver o gif abaixo) capacitaria o leitor a atingir tal velocidade.


"The time consuming part of reading lies mainly in the actual eye movements from word to word and sentence to sentence. In addition, traditional reading simply takes up a lot of physical space. Spritz solves both of these problems. First, your eyes do not have to move from word to word or around the page that you’re reading. In fact, there’s no longer a page – with Spritz you only need 13 total characters to show all of your content. Fast streaming of text is easier and more comfortable for the reader, especially when reading areas become smaller. Spritz’s patent-pending technology can also be integrated into photos, maps, videos, and websites for more effective communication." (http://www.spritzinc.com/about/)

You can read up to 500 words per minute


Não sei se esse treco funciona mesmo - apesar do exemplo deles ser tranquilo de ler, eu penso numa versão em português: imagine ler uma pergunta... só vai saber que é pergunta ao ver o "?" numa fração de segundo no final da frase... - mas a ideia é bem interessante.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

  ©Template por Dicas Blogger Modificado por mim!

TOPO